Irmãs Buonanotte

     Três irmãs solteironas e completamente atrapalhadas levavam uma vida fora de suspeitas próximo a uma simpática vila rural, quando os moradores descobrem que elas são na verdade bruxas, e usam a energia vital das moças da região para manterem-se vivas e belas pra sempre. Perseguem-nas então, até que finalmente conseguem captura-las. Quando estão prestes a leva-las a fogueira, os moradores são ludibriados pelas artimanhas das Irmãs Buonanotte, que acabam fugindo e sumindo na floresta.

     Cansadas de alimentar-se de tatus e esquilos por 300 anos, as não tão mais belas irmãs decidem voltar à ativa, e dessa vez bolam um disfarce melhor. Aparecem numa cidade como Freiras, ganham a confiança de todos e fundam um abrigo para moças. Assim atraem suas presas. Mas antes mesmo que consigam concretizar seus planos terríveis, um poderoso comerciante da cidade oferece uma grande soma as irmãs para que recebam uma filha sua concebida fora do casamento como noviça, para assim abafar um escândalo iminente e desastroso para os seus negócios. As Buonanotte, pressionadas, acabam tendo que aceitar. E esse é o início de uma reviravolta no abrigo.

      A jovem filha do comerciante se mostra uma alma pura que, a despeito das dificuldades causadas pelas irmãs, traz em seu coração uma fé tão vibrante que transforma o que antes era uma armadilha numa genuína casa de caridade. Mas será que seu coração iluminado também seria capaz de modificar os corações das irmãs, que há séculos estão mergulhados nas sombras da vaidade e do egoísmo?

     Nesse espetáculo nossa companhia pretende abordar os temas Fé e Caridade numa comédia muito divertida e cheia de referências a cenas clássicas do cinema.